Gestão empresarial: ferramentas gerenciais que você precisa conhecer

Administrar uma empresa não é uma tarefa fácil. Mas, com as ferramentas certas de gestão empresarial, é possível otimizar o gerenciamento de equipes e de processos e ainda aumentar os resultados dos negócios.

Independente do tamanho do seu negócio, conhecer e aplicar essas ferramentas é uma ótima estratégia para a organização.

No artigo de hoje, trouxemos as ferramentas mais utilizadas pelas empresas de sucesso. Conheça quais são, entenda como funcionam e escolha as mais benéficas para o seu negócio.

Matriz SWOT

A Matriz SWOT é uma ferramenta que contribui para a análise do ambiente interno e do ambiente externo da sua empresa.

A sigla SWOT é de origem inglesa e contempla as Forças (Strengths), as Fraquezas (Weaknesses), as Oportunidades (Opportunities), e as Ameaças (Threats) à sua empresa.

Através dela, você realiza um cruzamento do que contribui para o alcance dos seus objetivos (forças e oportunidades) com o que pode ser prejudicial (fraquezas e ameaças). Assim, é possível corrigir as falhas e explorar o potencial do negócio para se tornar ainda mais competitivo no mercado.

Nós já falamos sobre a importância da Matriz SWOT para a gestão empresarial. Se você quiser conferir como ela é de grande relevância para o seu planejamento estratégico, clique AQUI

Ciclo PDCA

O Ciclo PDCA (Plan–Do–Check–Act) é uma ferramenta que visa verificar os processos de uma empresa e corrigir os seus erros. Como o próprio nome já diz, ele consiste no ciclo de Planejar, Fazer, Checar e Agir.

A ideia é que, com essa checagem contínua, os processos sejam sempre otimizados até atingirem um excelência na qualidade.

O ciclo pode ser utilizado em várias etapas e fragmentos do negócio, seja para implementar novos planos de ação, para reduzir custos, para acompanhar mudanças ou para treinar colaboradores.

KPI

Os KPIs (Key Performance Indicators) são os Indicadores Chave de Performance.

São eles que contribuem para monitorar o desempenho da empresa, detectar gargalos e falhas em processos e verificar se as metas estão sendo alcançadas.

Os KPIs mais utilizados são os indicadores de capacidade, de qualidade, de lucratividade, de competitividade e de rentabilidade.

Eles são ótimos também para identificação da real situação da empresa, além da comparação do contexto atual com resultados passados.

Modelo de Negócios Canvas

O Modelo de Negócios Canvas (ou Business Model Canvas) é uma ferramenta de gestão empresarial simples e de fácil utilização.

Basicamente, esse modelo é um quadro que oferece uma visão macro de todo o negócio, te ajudando a planejar e coordenar estrategicamente todas as áreas da empresa.

Neste quadro, estão dispostos 9 elementos em tabela, que respondem às seguintes perguntas:

1. Proposta de valor: o que a sua empresa oferece que a torna atrativa para seus clientes?

2. Atividade principal: quais são as atividades-chaves relacionadas com a sua proposta de valor?

3. Segmentação de clientes: qual o seu público-alvo e qual a necessidade dele?

4. Canais de comunicação: de que forma seu público entra em contato com seu produto ou serviço?

5. Relacionamento com o cliente: como você se comunica com seu público?

6. Fonte de receita: quanto os clientes estão dispostos a pagar pelo seu produto ou serviço?

7. Estrutura de custos: quais são os gastos envolvidos no seu negócio?

8. Parcerias estratégicas: quais os fornecedores ou parceiros que auxiliam no crescimento do seu negócio?

9. Principais recursos: quais os recursos indispensáveis para a sua empresa?

Matriz BCG

A Matriz BCG é uma ferramenta de análises gráficas criada pela empresa Boston Consulting Group (BCG) na década de 1970. Ela consiste na análise “2 x 2”, que avalia o portfólio da empresa com base no ciclo de vida de cada produto. Através dela, você verifica a taxa de crescimento do produto e a participação dele no mercado para adotar decisões estratégicas em relação aos dos seus concorrentes.

A classificação de cada quadrante da matriz é representada por 4 símbolos. São eles:

Estrelas: produtos que vendem bem e possuem boa participação no mercado (ou seja, são bem aceitos pelos consumidores);

Vacas leiteiras: são produtos que possuem boa participação no mercado, mas não possuem uma taxa de crescimento nas vendas;

Pontos de interrogação: produtos que acabaram de entrar no mercado e apresentam bom potencial, porém ainda possuem baixa participação. Por isso, ainda não geram lucro e precisam de alto investimento para se tornarem produtos Estrelas ou Vacas Leiteiras.

Abacaxis: produtos que não vendem bem, não oferecem lucros e possuem baixa participação de mercado. Esses produtos devem ser retirados de circulação ou então atualizados no seu portfólio.

 

Por que utilizar essas ferramentas de gestão?

Essas foram apenas algumas das diversas ferramentas de gestão empresarial que você pode utilizar para ter uma visão mais abrangente do negócio. 

Como você pode ver, elas são extremamente úteis para você analisar os pontos negativos ou positivos de um produto, processo ou serviço, por exemplo.

Com elas, você antecipa ações e cria metodologias para corrigir falhas e otimizar tarefas e, assim, atingir os resultados esperados.

 

Gostou dessas ferramentas? Então fique de olho, pois em breve traremos mais recursos que são essenciais para o sucesso da sua empresa.

 

Para ficar sempre por dentro do conteúdo que trazemos no blog da Bonsenhor, nos acompanhe também nas redes sociais: Facebook | Instagram