BLACK FRIDAY 2020: Estratégias para obter sucesso nas vendas deste ano

A Black Friday é uma das maiores oportunidades que você pode ter para aumentar suas vendas. Este ano, a Black Friday está programada para o dia 27 de novembro (última sexta-feira do mês), mas as ações promocionais já podem ser encontradas por toda a internet.

Então, se a sua empresa ainda não deu início às estratégias de vendas, a hora é agora. Dados do Google já apontam que a Black Friday 2020 será maior do que a do ano passado, mesmo em contexto de pandemia. 

As categorias mais buscadas pelos consumidores até o momento são de calçados, bebidas, eletrodomésticos e decoração. Entre os termos mais buscados, estão “cupom” e “frete grátis”, o que já proporciona um bom insight das estratégias para sua empresa seguir este ano.

Assim como os consumidores já estão fazendo pesquisas com antecedência, você também precisa se antecipar! 

Acompanhe o nosso artigo e confira as principais estratégias para você vender mais e obter sucesso na Black Friday 2020!

1 – Aposte no potencial das vendas online

Com a recessão econômica causada pela pandemia, o consumo e as compras pela internet cresceram exponencialmente. Isso levou o e-commerce a ser um setor em alta!

Se você ainda não realiza vendas online, essa é a oportunidade de integrar sua loja física à virtual. Mesmo que seus clientes não realizem a compra no e-commerce ou no market place em si, pelo menos eles terão esse canal para conferir os seus preços e promoções para a data.

E não se esqueça de preparar a estrutura do seu canal online para essa data. Com as diversas ofertas atrativas, o fluxo de pessoas no site ou página pode sobrecarregar o servidor, interferindo na experiência de compra.

2 – Seja honesto com seu público

Muitas empresas varejistas aproveitam para aumentar os preços no início do mês e, então, voltar ao preço original na data em questão. O ideal é que você fuja dessa prática!

Além da ação ser fraudulenta, ela não transmite transparência ao consumidor, o que acaba com a reputação do seu negócio.

Portanto, promova apenas ofertas reais, como redução no preço, parcelas estendidas, desconto no segundo produto, entre outros benefícios.

– Selecione bem os seus produtos

Você quer aproveitar o momento para vender itens com pouco giro no estoque? Ou prefere aumentar o lucro através da venda de um produto que você sabe que tem alta procura? Há ainda a opção de oferecer uma nova mercadoria, que atenda as necessidades do público no contexto atual.

Além de fazer a seleção dos produtos, também é importante precificá-los da maneira certa. Mas cuidado para não oferecer preços baixos demais e acabar prejudicando o seu orçamento!

– Vá além do preço

Esse é o ponto mais importante de todos, que fará toda a diferença nas suas estratégias de Black Friday. Por mais que os preços baixos sejam atrativos, os benefícios adicionais, como frete grátis, descontos progressivos e “brindes” também conquistam o público.

Caso você não trabalhe com produtos e sim com serviços, esse é o momento para oferecer pacotes promocionais. Ofertar cursos, workshops e demais benefícios relacionados ao serviço também chamam a atenção dos clientes – principalmente daqueles já fidelizados.

– Planeje a política de trocas e devoluções

A venda não se encerra quando o cliente conclui o pagamento. Por isso, é importante trabalhar no pós-venda. 

Seja através do contato para verificar o nível de satisfação ou para enviar sugestões de novos produtos, não se esqueça de manter um relacionamento com o consumidor.

Esse mesmo atendimento amistoso e solícito deve acontecer em caso de trocas, principalmente em momentos em que o volume de vendas é maior. Deixe o público bem consciente de qual é a sua política de trocas e devoluções, para que ninguém se frustre com a falta de informação.

– Pense nos clientes que você já tem

Não cometa o erro de criar estratégias nesta Black Friday apenas para atrair novos clientes. Na verdade, a época é muito propícia para trabalhar a fidelização e a bonificação para os clientes antigos.

Apesar do preço ser um valor atrativo, é preciso pensar que ao oferecer mais benefícios, seu público não irá atrás da sua concorrência.

Portanto, valorize os clientes que já possui! Aposte em vantagens exclusivas, descontos diferenciados para os consumidores mais antigos, entre outras opções.

Além de estimular a satisfação deste público que mantém a sua empresa, essa ação também os incentiva a divulgarem a qualidade daquilo que você tem para oferecer.

– Use e abuse das redes sociais

Neste ponto, independentemente das suas vendas serem realizadas em ambiente físico ou virtual. O fato é unânime: seus clientes com certeza estão nas redes sociais. Por isso, esse canal é o mais recomendado para você divulgar ofertas, tirar dúvidas, interagir e fortalecer a sua presença na Black Friday.

Faça com que o público se lembre das suas ofertas, produtos e diferenciais. Você pode fazer isso impulsionando publicações ou anúncios nas redes sociais, segmentando o público-alvo e criando promoções ainda mais certeiras.

 

Dica extra: Prepare-se e reforce a gestão financeira

A estrutura financeira do seu negócio deve estar muito bem organizada e automatizada para lidar com as vendas, principalmente em ambiente online.

Lembre-se de que é direito do consumidor se arrepender da compra no período de 7 dias a partir da data de entrega. Por isso, é importante ficar atento ao fluxo de caixa, bem como à administração do capital para lidar com cancelamentos e estornos. 

No mais, a melhor maneira de se planejar para a Black Friday é verificando qual o seu principal objetivo nesta data. É aumentar o lucro? Aliviar o estoque? Fidelizar clientes? Tudo isso deve ser estruturado com cuidado e atenção para que todas as ações sejam certeiras.

 

Tendo essas dicas em vista, está na hora de colocá-las em prática para obter sucesso nas vendas de Black Friday!

Se você gostou do artigo, compartilhe com sua lista de contatos para que eles também façam bom uso das dicas expostas.

Boa sorte e boas vendas!

 

Com dados de: Istoé Dinheiro e Jornal Contábil