Gestão financeira: estratégias para controlar o capital de giro da sua empresa durante a crise

Em momentos de crise, você precisa dar uma atenção especial ao planejamento financeiro da empresa para manter o controle do capital de giro.

Durante a recessão, os recursos em caixa funcionam como uma reserva destinada às despesas da empresa. Por isso, é neste cenário que você precisa manter um controle mais rígido do fluxo de caixa e definir valores de contas a pagar e receber nos próximos meses.

Esse controle é essencial para manter o capital de giro e garantir a sobrevivência dos negócios, principalmente daqueles que não possuem tanta segurança financeira.

Para ajudar os empresários neste período, separamos 5 estratégias para controlar o capital de giro e superar a crise com segurança e saúde financeira! Acompanhe:

1 – Foque nas despesas a pagar e contas a receber

O primeiro passo é fazer uma lista com todos os pagamentos e recebimentos para os próximos meses. Essa etapa é essencial para definir o capital de giro da sua empresa.

Ao fazer isso, você deve considerar a redução nas vendas. A partir disso, fica mais fácil definir as despesas a serem pagas e as ações a serem tomadas, priorizando aquelas com maior impacto na empresa (como aluguel e matéria prima).

Esse capital previsto é a sua fonte necessária para saber quanto a empresa tem disponível para reduzir os efeitos da crise.

2 – Atenção às dívidas e negociação de prazos

Você possui dívidas que consomem parte do orçamento da empresa? Liste todas as pendências (empréstimos, parcelamentos, boletos e faturas em aberto) e renegocie as dívidas mais urgentes.

Depois da quitação das dívidas urgentes, organize as demais e tente negociar os valores e prazos com fornecedores, para manter o funcionamento do seu negócio.

3 – Prepare uma projeção de inadimplências

A crise impacta a todos, inclusive clientes e consumidores. Isso significa que você precisa estar preparado para uma redução nas vendas e um aumento no índice de inadimplência.

Faça uma projeção financeira realista, estimando os clientes inadimplentes. Só assim você saberá o valor real de capital de giro nos próximos meses.

4 – Busque formas alternativas de faturamento

Com a redução de vendas, você precisa tomar providências para controlar o seu capital de giro e manter o faturamento.

Planeje promoções de produtos há muito tempo em estoque, amplie as formas de pagamento, implemente ferramentas de marketing e venda online e busque outras alternativas.

Essa estratégia é uma opção muito viável para seu negócio não correr o risco de ficar sem recursos para pagar os compromissos fixos.

5 – Faça um planejamento de longo prazo

Apesar das medidas emergenciais serem indispensáveis na crise, você não deve esquecer de planejar o futuro do seu negócio.

Planeje os passos da sua empresa no longo prazo e considere as ações necessárias para retomar a saúde financeira após o período de recessão.

Nesse planejamento, defina o capital de giro necessário para colocar a empresa no ritmo que tinha anteriormente. Nesse ponto, você pode considerar a possibilidade de obtenção de linhas de crédito do governo, por exemplo.

O Banco Fomento tem várias opções de linha de crédito para quem é MEI ou possui uma micro ou pequena empresa. Confira abaixo as condições de crédito:

 

af_Bonsenhor_BlogCapitalGiro_Fomento_01a

Nesse momento delicado, conte com a Bonsenhor Contabilidade para te auxiliar na verificação e obtenção do crédito da forma mais ágil e rentável.

Não tenha medo de adotar medidas de emergência para o capital de giro do seu negócio.

As estratégias como renegociação de dívidas e prazos e adoção de novas políticas de cobrança também são extremamente válidas no momento atual.

Além disso, negocie suas pendências com parceiros, fornecedores e credores para facilitar os pagamentos e, assim, minimize os impactos no capital de giro da sua empresa.

Fique atento às mudanças do governo! Algumas medidas podem ser de grande ajuda para a saúde financeira do seu negócio.

Gostou das estratégias? Compartilhe essas dicas com suas conexões para enfrentamento da crise.