Gestão empresarial: como a sua empresa pode enfrentar os impactos do novo coronavírus

Com a chegada do novo coronavírus em nosso país, muitas empresas já estão sentindo os impactos no atendimento e nas vendas, sem saber como remodelar as estratégias de negócios.

Pensando nisso, elaboramos um conteúdo com dicas para te auxiliar a controlar a crise e manter as suas vendas mesmo durante tal período.

Confira agora as medidas práticas que elencamos para que sua empresa consiga enfrentar e superar os impactos do novo coronavírus nas vendas:

1 – Delegue uma equipe para a tomada de decisões de emergência

Caso a sua empresa ainda não possua uma equipe de tomada de decisão para assuntos urgentes, a hora de estabelecer esse grupo é agora.

Essa equipe será responsável por definir os objetivos a serem alcançados nesse novo cenário e garantir que as decisões e as respostas sejam tomadas o mais rápido possível.

2 – Acompanhe as novidades e monitore acontecimentos

Em momentos de crises, principalmente em dimensões globais, a atualização das informações e novidades é constante e o monitoramento delas também deve ser.

No gerenciamento de crise é essencial estar ciente de notícias sobre o segmento do seu negócio, sobre a economia e sobre possíveis mudanças legislativas para conter os impactos da pandemia no país.

É importante acompanhar também as ações dos clientes, dos fornecedores e da concorrência para antecipar os acontecimentos e reagir com agilidade.

3 – Estabeleça canais de venda e atendimento online

A pandemia atual exige mudanças radicais nos processos e modelos de negócios de muitas companhias.

Enquanto algumas optaram pelo home office, outras tiveram de reduzir o número de colaboradores para respeitar as medidas de prevenção recomendadas pelos órgãos responsáveis.

Independente da medida que sua empresa tomar, comunicar o público sobre os acontecimentos para que eles não sejam afetados com as mudanças é de extrema importância.

Se o atendimento presencial da sua empresa for suspenso, adote com urgência canais de comunicação e vendas online, de modo a atender com agilidade os clientes, solucionar suas necessidades e evitar uma queda na qualidade dos serviços.

4 – Considere ajustes no orçamento da empresa

Agora não é hora de ganhar dinheiro, mas sim de controlar os prejuízos, por isso, acompanhe com maior atenção o seu fluxo de caixa durante esse período.

Além disso, uma opção é ajustar o cronograma de recebimentos e pagamentos para garantir que sempre haja recursos disponíveis para contas indispensáveis.

Avalie alternativas que não comprometam a saúde financeira do seu negócio, como negociação de aluguel, terceirização de processos e redução de gastos com energia.

5 – Experimente novos modelos de venda

A crise causada pela pandemia resulta no baixo consumo por parte dos clientes, que precisam ficar em casa e controlar as economias.

Identifique a necessidade do seu público nesse momento e experimente novas formas de oferecer seu serviço, como o atendimento com videoconferência, o sistema de delivery e o atendimento mais próximo por WhatsApp e demais canais de comunicação.

Aproveite para oferecer promoções, vender os produtos que já estão há muito tempo em estoque. Ademais, avalie a possibilidade de inserir mais produtos e serviços nas especialidades do seu negócio.

Seja consciente e tome medidas que possam favorecer o seu negócio. Nesse momento, o investimento pode não ser um gasto, se você souber direcioná-lo bem.

Estude a possibilidade de oferecer novos serviços e adaptar os atuais de maneira que a produtividade e a qualidade da sua empresa continue a mesma.

Foque na retenção de clientes, mas ao mesmo tempo não esqueça de controlar as finanças. Quando a crise passar, você pode tirar proveito dos aprendizados e aplicar no crescimento e aprimoramento do negócio!